Tempo 🧭

Enquanto escrevo essas linhas

Frente a minha xícara de café

Vejo nos dias passados

Como a vida era e como hoje é

Tudo mudou em tão pouco tempo!

Então me pergunto: Como vivem os sábios nesse momento?

Como seguem a vida nesse novo tempo?

Há muito a se questionar e muito pouco a se perceber.

E o tempo em nossas mãos é o nosso maior bem.

Tempo para rir, tempo para abraçar, seja esse virtualmente, é bendita a arte de amar.

Tempo para agradecer, tempo para valorizar, do nosso patrimônio mais precioso, a vida, desfrutar.

Tempo para chorar com os que choram, tempo para celebrar com os que celebram.

Tempo para levantar o caído e tempo para dar baixa ao tédio.

Tempo para fazer planos e tempo para cancelar também.

Tempo para distinguir o que são planos, o que são sonhos e o que a nós realmente convém.

Tempo para partir o pão e tempo para acumular fé.

Tempo ao nosso coração e todas suas ansiedades, tempo para lança-las ao poder Divino e sossegar em nossa fragilidade.

Tempo para ter tempo.

Tempo para mudar.

Assim como as estações em toda a sua sintonia ímpar.

Tempo para respeitar o que é distinto mas não abrir mão dos nossos princípios.

Tempo para falar de amor e pratica-lo diante ao caos. Tempo para ensinar através de atitudes e não escrever em jornais.

Tempo para ter tempo.

Tempo para diferenciar o tempo assim como sábios fazem.

Tempo para perdoar o sofrimento, assim como os grandes agem.

Tempo para ser paciente mas não de hospitais.

Tempo para ser gente mais que em credenciais.

Tempo para ser gentil como o tempo é conosco.

Tempo para ter tempo…

Para mais xícaras de café como essa!

Ticiele de Camargo ©️ 2020

Autumn leaves and an old car in the back
Tempo by Ticiele de Camargo