O espinafre congelado ðŸ¥¬

Eu sai do trabalho e resolvi passar no mercado rapidinho. O rapidinho comigo, é rapidinho mesmo: vou direto no que preciso, pago e vou embora. 

Chegando na sessão dos congelados, vi um sorvete em promoção. Manteiga de Amendoim? Esse sabor é novo, deve ser maravilhoso! Pensei comigo.

Então, ouvi um senhor me chamando. Vestia um paletó de linho azul marinho, barba feita, camisa azul marinho de linho por baixo, calça de linho bege. Certamente se informou noite passada que no dia de hoje faria 27C e, acabou se preparando para isso. Ele disse:

– Com licença, posso te pedir uma opinião? 

Respondi que sim. O senhor continuou, com um ar de preocupado: 

– Eu não tenho costume de comprar nada congelado pois minha geladeira é pequena e o compartimento do freezer também… saberia me dizer se eu comer uma porção disso hoje, poderei mantê-lo na geladeira? 

Ele tinha um pacote de espinafre congelado em mãos.

– Pode manter na geladeira se pretende comer ainda essa semana. Caso contrário, é bom congelar. 

– Bom, eu vou comer uma porção pequena por dia… 

O pacote congelado de espinafre seguia o ritmo do balancear das suas mãos. 

Continuou:

– Acho melhor eu não levar. Acho que até chegar em casa já derreteu tudo! 

– Se ficar exposto ao sol, irá descongelar rapidinho.

– Em uns 30 minutos, você acha? 

– Acho que sim, tá bem quente hoje… mas, por quê o senhor não leva o espinafre fresco? Se vai comer um pouco por dia, um pacote é suficiente. Além de fresco, mais saudável, também é mais barato!

 

Os olhos que antes pareciam bem preocupados, agora, sorriram pra mim. 

 

– Bem pensado! Tá vendo? Poderia ter perguntado pra qualquer outra pessoa e talvez ela não me desse uma ideia tão boa quanto essa! Muito Obrigado, moça! 

– Magina! Tenha uma boa tarde! 

Além de sua dúvida ter sido respondida, deu para perceber que, o fato de ser ouvido e se sentir entendido foi o que trouxe mais alegria no dia daquele senhor.

Não foi o espinafre congelado, fresco, mais barato ou não. Foi o ato de se socializar. O funcionário do mercado estava atrás dele desencaixotando produtos. Mas talvez não demonstrou interesse ou sensibilidade para ajudá-lo.

Sempre tem gente a nossa volta precisando de uma conversinha, mesmo que pareça boba. De uma opinião, mesmo que pareça uma coisa muito óbvia e fácil de ser resolvida. Principalmente idosos.

Um minuto da nossa atenção mudará o dia delas para melhor. 

As nossas mentes estão exageradamente distraídas hoje em dia. Temos notificações constantes nos nossos celulares. Temos nossos cérebros processando informações de conversas, jornais, músicas, comentários, comentário dos comentários, o tempo todo. E isso, tem se propagado de forma tão natural que perdemos a essência, a vontade, a paciência de ouvir, a nobreza em ajudar. 

Em 2016, a equipe de marketing da empresa Lipton, fez um comercial muito tocante. O comercial analisava o comportamento das pessoas nas ruas em Portugal. Câmeras filmavam situações que poderiam ter sido resolvidas por pessoas que passavam por lá.

Surpreendentemente, a maioria das pessoas estavam distraídas e/ou presas em seus próprios mundos, onde deixaram passar batido oportunidades de servir, ajudar ao próximo.

Apesar do vídeo ser de 2016, a ideia do vídeo da Lipton ainda continua em pé: precisamos despertar!

Estamos super conectados no mundo virtual, mas perdemos, a cada dia que passa, a conexão mais linda que existe: humana

Que tal mudarmos isso?

🙌🏼 🙂

#tdc #reflection #creativepiece